A radiestesia é um importante aliado nos processos regeneração natural do corpo.  Ela permite mapear as vitaminas e os minérios e as repercussões  da falta ou do excesso desses elementos. Saiba mais.

Radiestesia é uma palavra composta de dois termos: radius, que vem do latim e significa radiação e aisthesis, de origem grega e que significa sensibilidade, indicando assim a sensibilidade as radiações. A Radiestesia entende que vivemos em um universo energético, algo cada vez mais aceito pela ciência oficial, e que nos leva a compreender a existência de uma sutil comunicação entre o ser humano e o ambiente.

Concebe um campo energético emitido por tudo e com diferentes graus de intensidade. Por exemplo, a energia emitida pela água é diferente daquela emitida pelo chumbo. De modo similar, um órgão saudável possui um padrão de informações vibracionais diferente do mesmo órgão enfermo.

A técnica da radiestesia permite o contato e a avaliação de estados energéticos, por meio do desenvolvimento da sensibilidade do Radiestesista, ajudando a indicar tratamentos e orientar práticas diárias voltadas a saúde e bem-estar. Um radietesista experiente pode revelar em um curto espaço de tempo os alimentos mais adequados ao um determinado organismo em particular, evitando que o individuo caia em dietas mirabolantes que não dialogam com seu corpo.

Diversos instrumentos são usados na prática radiestésica, sendo o pêndulo o mais famoso. Mas não é o pêndulo ou qualquer outro instrumento o responsável pelo processo da radiestesia. É a mente humana! Nosso corpo capta as informações vibracionais a nossa volta por meio de sensores das células e essas informações são armazenadas em nosso inconsciente. O que os instrumentos radiestésicos fazem é externar essas informações.

Seu profundo conhecimento sobre essa técnica e sua formação como terapeuta  integrativo conferem ao Hélio uma infinidade de tratamentos para solucionar problemas físicos, mentais e emocionais, restabelecendo a  harmonia de cada pessoa.

Para saber mais sobre essas e outras abordagens terapêuticas integrativas entre em contato.

%d blogueiros gostam disto: